Um livro cheio de surpresas, romance, reviravoltas, coisas aparentemente inexplicáveis e muitas lágrimas. Essa é a história de Rachel, uma adolescente que um dia está feliz, com seu namorado e amigos e de repente vê toda sua vida se transformar em um pesadelo. Rachel estava em um jantar com os amigos, um encontro antes de todos partirem para a universidade, tudo correndo bem até que um acidente acontece. Eles estão próximos à calçada quando um carro desgovernado se aproxima do restaurante, tudo acontece muito rápido, os amigos conseguem correr, mas ela fica presa, seu namorado Matt pensa em voltar por ela, mas é impedido pela amiga Cathy, é Jimmy que vai ao encontro de Rachel, mas não há tempo para que ambos se salvem. Jimmy morre salvando a amiga por quem ele sempre foi apaixonado, mas não teve coragem e tempo para se declarar, todos seguem a sua vida, menos Rachel, ela fica marcada para sempre pelo acidente.
Rachel vive em um mundo horrível, onde a depressão é sua única realidade, longe dos amigos e vendo o pai sofrer com um câncer, ela nunca entra na faculdade de jornalismo, termina o namoro com Matt, deixando-o livre para Cathy e não se relaciona com mais ninguém.
Mas e se Rachel tivesse outra chance, outra vida? Não é o sonho de muitos de nós viajar no tempo e resolver os problemas de anos atrás? Há coisas que são literalmente irremediáveis, como a morte e só uma solução mágica para resolver. Algo como universos paralelos, viagem no tempo, é isso que Rachel pensa quando acorda e dá de cara com o fantasma de Jimmy e seu pai totalmente curado, ou melhor, ela descobre que o acidente não teve um grande impacto no amigo, o pai nunca ficou doente, ela e Matt nunca romperam, ela fez jornalismo e trabalha com o que ama.
O mundo parece perfeito, mas ela não tem ideia de como chegou nesse país das maravilhas e ninguém entende ou acredita no mundo trágico que só ela recorda. São muitas reviravoltas, o livro é principalmente sobre romance, mas alguns diálogos românticos são previsíveis e a emoção fica por conta de formular teorias junto com Rachel e Jimmy sobre o que está acontecendo com ela. Até que descobrimos... e choramos muito. Aí sim, a parte romântica fica muito interessante e triste.
É muito fácil se apegar ao enredo de Uma curva no tempo, ele é ágil, intrigante e não tem enrolação. Não sei se já há filme baseado nele, mas se não tiver, dará um grande filme, desses de assistir com uma caixa de lenço ao lado.

“Ninguém nunca lhe disse que, quando se cria um mundo de fantasia, ele deve ser melhor que o mundo real... e não mil vezes pior?”

( Uma Curva no Tempo - Dani Atkins)


At what Age is Someone Considered a Legal Adult in the US?



The age at which one is considered a legal adult in the US is typically 18. What defines a legal adult is ability to legally work, participate in contracts, vote, marry, give sexual consent, and join the military. Being a legal adult under 21 does not give one the right in most states to purchase alcohol, however.
The age one becomes a legal adult in the US is largely the age at which most children are considered adults in the world. A few countries set this age lower, but in most of the Western world, one is considered an adult at 18.
In some cases, a child under 18 is a legal adult especially for the purposes of marrying or signing contracts, prior to 18. This is rare and tends to occur if a child sues his or her parents for emancipation. An emancipated child is still a “minor,” however, and may not vote until he or she turns 18.
For many parents the term legal adult does not mean their children possess certain adult characteristics. For example, being an adult implies being able to make mature decisions, participate in civic matters, have self-control, and be responsible. Some 18-year-olds simply lack these characteristics and need further time to develop them. It concerns some parents that an 18-year-old can make life-altering decisions, like marrying early or joining the military, which may not have been made with significant forethought.

http://www.wisegeek.org/at-what-age-is-someone-considered-a-legal-adult-in-the-us.htm


Quotes




" Sentir pena de mim mesmo era uma arte."


"Eu tinha uma regra: melhor se entediar sozinho do que acompanhado. E quase sempre seguia essa ideia. Talvez por isso não tivesse amigos."

"Por toda minha juventude te busquei, sem saber o que buscava. W. S. Merwin"



"Outro segredo do Universo: às vezes, a dor era como uma tempestade que vinha do nada. A mais clara manhã de verão podia acabar em temporal. Podia acabar em raios e trovões."

"Tentei trazer meus pensamentos de volta à cozinha. Onde eu estava. Onde eu morava. Odiava essa história de morar na minha cabeça."


"É que o amor sempre me foi pesado. Algo que eu precisava carregar."

"Mas eu tinha aprendido a esconder meus sentimentos. Não, não foi assim, não precisei aprender. Nasci sabendo esconder o que sentia."

"Ele parecia tão feliz que cismei com isso, com sua capacidade de ser feliz. De onde vinha? Existia algum tipo de felicidade dentro de mim? Eu tinha medo dela?"

"Tinha decidido que aquele seria o meu verão. Se o verão fosse um caderno em branco, eu escreveria algo bonito nele. Com a minha própria caligrafia."

"— Quer dizer, quando vamos ter a sensação de que o mundo nos pertence? Quis dizer que o mundo nunca nos pertenceria. — Não sei — respondi. — Amanhã."

"Notei seu sorriso um pouco triste. Talvez todo mundo fosse um pouco triste. Talvez."


- Aristóteles e Dante descobrem os segredos do universo.


Assim como muitos brasileiros, há algum tempo eu não sabia do que se tratava um dorama.

O drama japonês (テレビドラマ, terebi dorama?), também nomeado como dorama ou j-drama, é a designação dada aos dramas televisivos em língua japonesa realizados pela televisão do Japão. Todas as principais redes de televisão do país produzem uma variedade de séries dramáticas, incluindo romance, comédia, histórias de detetive, horror dentre outros.
Mas depois de ver bons comentários nas redes sobre doramas coreanos, resolvi seguir a dica de uma conhecida virtual e comecei a assistir Strong Girl Do Bong Soon na Netflix. Depois de me desencantar com The Walking Dead, Greys Anatomy e Scandal, nenhuma série conseguiu me prender. Eu inclusive estava cansada dessas séries com longas temporadas, onde parece que nem a produção sabe mais o sentido de continuar arrastando a historia.
Pois foi com Strong Girl Do Bong Soon que recuperei a vontade de maratonar uma série até o último episódio e ainda voltar para rever. O enredo trata-se de uma garota que nasceu com super força, assim como todas as mulheres de sua família, Bong Soon passa anos escondendo seus poderes para ter uma vida normal e também porque se abusar de sua força, ela a perderá.

Ela é uma jovem adulta sem emprego que sonha em desenvolver jogos, mas não consegue ser contratada. Até que um dia ela se envolve em uma briga para ajudar um idoso e é vista pelo CEO An Min Hyuk. Ele presencia a garota aparentemente frágil dando uma surra em vários homens fortes.
Min Hyuk acaba contratando Bong Soon como guarda-costas. Ela tem uma paixão secreta pelo policial Gook Doo, mas Min Hyuk dá a entender que também se interessa por ele, o que origina vários momentos engraçados. O relacionamento de Bong Soon e Min Hyuk é um dos mais bem construídos que assisti ultimamente, leve, divertido, cativante.
Além de romance e comédia, há uma  trama policial com um sequestrador de mulheres que ataca no bairro de Bong Soon e se torna seu inimigo pessoal.
O lado leve e romântico da série prevalece e é tudo que eu preciso depois de uma dia estressante de trabalho. Apenas uma temporada para ver e rever com garantia de final feliz e nada depressivo como a vida e a maioria das séries.



Ativiade de Inglês - Non-action verbs
Essa atividade faz parte do curso My English Online e usei com meus alunos.

Read the words:

appear - parecer
 believe - acreditar
 belong - pertencer
 feel - sentir
 hate - odiar
 hear - ouvir

hope - esperar
 like - gostar
 look - olhar
 miss - sentir saudade
 prefer - preferir
 sound - parecer

Which are you more likely to feel?

(  ) satisfied
(  )school

Choose the correct non-action verb to complete each sentence.

1. I  ________taking this class. It starts too early in the morning! 
(  ) hate    (  ) feel

2. Dan doesn’t  ____that I don’t know how to drive.
(  ) believe    (  ) belong

3. I  ______________  to a book group, and now I’m joining a chess club!
(   ) belong     (   ) miss

4. The course is difficult, but I  the final exam is pretty easy.
(   ) hate    (   ) hear


5. Miranda always  tired because she stays up too late at night.
(   ) feels   (   )belong

6. My cousin lives in New York now, and I really  him.

(   ) belong    (   ) miss


Match each non-action verb to the correct definition:


understand

sound

appear

prefer

like

hope

1.to enjoy a person or thing

2 to seem a certain way when seen
to seem a certain way when heard
to like one person or thing more than another person or thing
to want or wish for something
to know what something means or how it works


Choose the correct non-action verb to complete each sentence.

  • prefer
  • understand
  • sounds
  • hope
  • hates
  • appears
1. Look, that man 


 to be lost. Let's help him.

2. We enjoy playing basketball, but we 
 playing computer games.
3. Wow, listen to Dana coughing. She 
 really sick.
4. Let’s watch something else. I don’t 
 this film.
5. Gail 
 biology, but she really likes math.
6. I 
 the train is on time. I don’t want to be late.


Voltando ao mundo mágico de Nárnia, eu li A viagem do peregrino da Alvorada. Nessa parte da história, Edmundo e Lucia vão passar as férias com um primo muito chato, Eustáquio. Na casa há um quadro muito realista do mar e quando Lúcia, Edmundo e Eustáquio observam a água, tudo vai se tornando mais real até que eles estão no mar de Nárnia. Todos são resgatados pelo príncipe Caspiam e sua frota. 
Caspiam explica que Nárnia está em paz e para eles faz três anos que Lúcia e Edmundo partiram. Ele está em uma missão marítima para encontrar sete fidalgos que eram de Nárnia e foram expulsos por seu tio, está disposto a chegar até o fim do mundo e encontrar o país de Aslam. Por aí dá para imaginar como a leitura é rica em aventuras e mais cenários inimagináveis por humanos normais.
Uma parte da história é focada em Eustáquio e sua transformação, ele não gostava dos primos e nem dos novos conhecidos de Nárnia, mas acaba passando por coisas que o fazem entender melhor seus companheiros.
A cada ilha que o grupo encontra há mais Aventuras e mágia para serem vistas. Eles encontram um lago onde a água transforma tudo em ouro, um lugar onde os habitantes são invisíveis, outro onde pessoas dormem eternamente, um lugar todos os sonhos se tornam realidade. Discutem sobre a forma da terra e de Nárnia, percebem o mar se transformar conforme se aproximam do fim do mundo. 
C.S.Lews realmente nos presentea com momentos repletos de mágica e encantamento. Espero que eu nunca seja adulta demais para visitar Nárnia.


Todo mundo ama uma literatura que representa uma fuga da realidade. O orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares trata disso. O personagem principal leva uma vida chata até descobrir um mundo novo, mas nada lá é um país das maravilhas.
Jacob é um adolescente que sempre ouviu histórias extraordinárias do avó sobre crianças peculiares, com super força, invisíveis, etc. Mas todos pensavam que o homem inventava as histórias ou era sua imaginação de pessoa idosa.
Um dia Jacob recebe uma ligação do avó perguntando sobre a chave que guardava suas armas, pois monstros estariam atrás dele.Jacob vai verificar o que está acontecendo, no entanto ele chega tarde demais e encontra o avô muito ferido após o que julga ser um ataque de um animal, porém o avô usa seus últimos momentos para dar algumas pistas e no final, Jacob acaba vendo o monstro que matou seu avô.
Os pais o colocam na terapia e ele se esforça para acreditar que é tudo sua imaginação, a pessoa mais improvável, o psicólogo, algumas vezes o incentiva a seguir as pistas dadas pelo avô. Ele tem fotografias das crianças e sabe o lugar onde o avô viveu em um orfanato quando era criança.
O pai de Jacobo acompanha na viagem, pois tem interesse em pesquisar as aves do local e escrever um livro sobre elas.
Assim que chega na isolada ilha do orfanato do avô, Jacob faz suas pesquisas e explorações e descobre que não ninguém vivo para falar sobre a época, pois uma bomba, durante a segunda guerra mundial, destruiu o orfanato e todos que viveram nele, apenas seu avô foi sobrevivente.
Ele encontra as ruínas do orfanato e várias novas fotos, mas fica desapontado porque esperava algo mais.
Apesar de esperar algo surpreendente, nada o pega mais de surpresa do que o momento em que conhece Emma, ele segue a menina e vai parar em 3 de setembro de 1940. Emma produz fogo com as próprias mãos, o menino invisível está lá, junto com a garota com força incrível, a menina que levita e vários outros. A srta. Peregrine é uma mulher que se transforma em ave e tem o poder de abrir uma fenda no tempo. É o que ela fez no dia em que o orfanato seria atingido pela bomba. Ela e as crianças vivem há vários anos o mesmo dia, o recurso foi necessário para escapar da bomba e também de outras criaturas que querem caça-los.
O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares - Ransom Riggs

Jacob descobre que o seu avô caçava essas criaturas chamados etéreos, que se alimentam de peculiares, e assim como seu avô, ele tem o poder de ver os monstros que não aparecem para as outras crianças. Há também os acólitos que os perseguem para os etéreos e vivem disfarçados entre as pessoas comuns, um deles é o seu terapeuta.
Emma, a menina que produz fogo, tem mais de oitenta anos e foi apaixonada pelo avô de Jacob, apesar disso, ele não consegue evitar uma aproximação romântica com ele, mesmo não achando adequado, por causa de seu avô e porque ele fica muito dividido entre a vida normal e a vida na fenda.
Os dias na fenda são sempre iguais, mas eles podem fazer coisas diferentes e há uma áurea de encantamento, tempo ensolarado, os truques das crianças. Assim quando um etéreo e seu terapeuta acólito aparecem ameaçando seus amigos e ele se torna essencial na luta, ele tem certeza de que não há nada para ele no mundo onde viveu a vida inteira.
As criaturas inimigas querem sequestrar todas as aves para usar o poder delas de abrir fendas no tempo e executar um plano que lhes dará poder e imortalidade, acontece que eles já tentaram isso antes e falharam, causando uma explosão que os transformou nesses monstros, mas nada os faz desistir da ambição.
A leitura de O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares - Ransom Riggs foi muito agradável, contando que eu imaginava que seria interessante apenas para crianças e adolescentes, mas esse deve ser o público principal, eu indicaria sem dúvidas para meus alunos. Ele tem continuações, tem um filme baseado em sua história e é bastante popular.



Drive de livros: https://drive.google.com/drive/folders/0B5f3N2tMEEjXY3YyZlpBdlNhTkU?usp=sharing


Drive com materiais do curso de Letras: https://drive.google.com/drive/folders/0B5f3N2tMEEjXeDJIcEtDWndENTQ?usp=sharing

Confiram no blog: "APRENDENDO COM TIA DEBORA" algumas Coleções pedagógicas para baixar e imprimir:

1: coleção tindolele - gramatica e letramento:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2016/07/colecao-tindolele-gramatica-e-letramento.html?m=1

2: livros turma da Mônica cores/formas e Números:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2016/07/livros-turma-da-monica-coresformas-e.html?m=1

3: Coleção tindolele dificuldades ortograficas 3°ano:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2016/06/colecao-tindolele-dificuldades.html?m=1

4: Coleção atividades para todo dia-Matemática:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/11/colecao-atividades-para-todo-dia.html?m=1

5:Alfabetização Silábica tindolele:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/11/ola-caros-educadores-voces-conhecem.html?m=1

6: Coleção no meu jardim educação infantil 1º periodo (4 a 5 anos) vol3:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/10/coleaono-meu-jardim-vol3.html?m=1

7: Coleção Amarelinha Matemática - 3 Anos:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/10/colecao-amarelinha-matematica-3-anos.html?m=1

8: Coleção Amarelinha Natureza e Sociedade - 3 Anos:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/10/colecao-amarelinha-natureza-e-sociedade.html?m=1

9: Coleção Amarelinha coordenação motora , Formas geométricas - 4 Anos:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/10/colecao-amarelinha-coordenacao-motora.html?m=1

10: Coleção Amarelinha 4 anos Linguangem:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/10/colecao-amarelinha-4-anos-linguangem.html?m=1

11: Coleção Amarelinha 4 anos Natureza e Sociedade:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/10/colecao-amarelinha-4-anos-natureza-e.html?m=1

12: Coleção no meu jardim vol4:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/10/colecao-no-meu-jardim-vol4.html?m=1

13: coleção DO-RE-MI:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/08/colecao-do-re-mi.html?m=1

14: Coleção Brincando e Aprendendo com a turma da Mônica - Maternal:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/08/colecao-brincando-e-aprendendo-com.html?m=1

15: Download Coleção Telecoteco (Alfabetização):

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/08/download-colecao-telecoteco.html?m=1

16: COLEÇÃO LÁPIS NA MÃO - ALFABETIZAÇÃO:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/05/colecao-lapis-na-mao-alfabetizacao.html?m=1

17: Coleção Lápis na mão 2 - integrado efucação infantil:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/05/colecao-lapis-na-mao-2.html?m=1

18: COLEÇÃO CIRANDA CIRANDINHA (MEU CORPO):

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/01/colecao-ciranda-cirandinha-meu-corpo.html?m=1

19: COLEÇÃO CIRANDA CIRANDINHA (MIMHA FAMÍLIA):

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2017/01/colecao-ciranda-cirandinha-mimha-familia.html?m=1

20: COLEÇÃO BORBOLETRANDO:

http://aprendendocomtiadebora.blogspot.com.br/2016/07/colecao-borboletrando.html?m=1
Drives Didáticos

Bom estudo.

Alfabetização - apostilas 📕
https://drive.google.com/open?id=1BpYzfILPFhUCBopgDADMYYpE1dOeHA28

Alfabeto 🔤
https://drive.google.com/open?id=1s6l0ZmZ5xCsAcO4JUZSt1gWRPHWtZJip

Alfabeto tracejado 🔤
https://drive.google.com/open?id=19qrnLdQnXc1AlvF6-0KxMaZkWWsoUD4v

Apoio escolar 📖
https://drive.google.com/open?id=1kamVTY6rIahkiXybGYACm0tklzZPVUlB

Atividades 📝
https://drive.google.com/open?id=1sZyq6YNwGXxFw0xhheuYs_uJC-9ratv9

Carinhas para atividades 🤗
https://drive.google.com/open?id=1L5vV7rneuU-h8ZMJh4wpp2kaRO9jSYPk

Ficha avaliativa 🗒
https://drive.google.com/open?id=19MZ16thGNuyHf-KNvzS9ZWy_8finiD1p

Fontes 🖍
https://drive.google.com/open?id=1zKjuxsl1N7d5Tzsg9iZuuljcjK4vYmN4

Letramento 👩🏽‍🏫
https://drive.google.com/open?id=1-VCHlKLjx8o6Y0EW71zc_NVXGkyTqWaV

Livros infantis 📚👶🏻
https://drive.google.com/open?id=1PHIY88cQRwCz1ow7YLvXO5frYpSNuMO8

Modelos 🦄
https://drive.google.com/open?id=1s4ORq3KtAQneChe4tkF2uVolWbIOtByx

Musicas (letras) 🎼
https://drive.google.com/open?id=19KT1xlrLaQIh5yJ-FHMc_BeBgLiySr5j

Outros 🖇
https://drive.google.com/open?id=1EOqi38PBIM5sKIWROPWzjETo-90ZTQjC

Planejamento 📊
https://drive.google.com/open?id=1hcHUb_Un3nQ93EANcbLe-dHJ6MW1sJ4n

Planner 🔖
https://drive.google.com/open?id=1cbca9_cSgEU5I6VBEn7j8u4al87fO7UH

Projetos 📋
https://drive.google.com/open?id=1P2PsYUlr4pFGsCe2GIgB3iIG0t1IXI2b

Relatório de avaliação 🗂
https://drive.google.com/open?id=1Ln_lMEl_X-Yf4ZFcTfY82-0CyYW3ltFu

Vídeos infantis 🎞
https://drive.google.com/open?id=1ejjcBwHfd-Thb8obtwnLNZu3aPX80ia-

Livros 📚
https://drive.google.com/open?id=1P2PsYUlr4pFGsCe2GIgB3iIG0t1IXI2b



Material Didático parte 01

https://drive.google.com/folderview?id=0B6aZvScFQk7NX1h0bk9nVTFuSXc

Material Didático parte 2

https://drive.google.com/folderview?id=0B8SBMOhCk97AU1VyeFdXNHJoRG8

Material Didático parte 03

https://drive.google.com/folderview?id=1zil1B9j1IJobkopHy1f3_e74OaUvXgSV

Projetos Didáticos

https://drive.google.com/folderview?id=0B8SBMOhCk97AVVQ2X2pQVkx2dWM

Planejamento e planos de aula

https://drive.google.com/folderview?id=0B8SBMOhCk97AVEJrSkpMdU0zcmM

Libras

https://drive.google.com/folderview?id=0B6aZvScFQk7NMExEa3hMUzNIVWs

Autismo

Drive 01


https://drive.google.com/folderview?id=0B6aZvScFQk7Na2lUcW9vZzdyOTQ

Drive 02

https://drive.google.com/folderview?id=0B8SBMOhCk97ARmNJdzJzU2xJZXc

Psicopedagogia

https://drive.google.com/folderview?id=0B8SBMOhCk97AX3FVd0NvdnFoWUk

Geografia

https://drive.google.com/folderview?id=0B8SBMOhCk97AWnJiYjNkakFKM2c



Hoje eu atualizei a minha meta de leitura de 2017 para marcar os livros que efetivamente eu li. Como a lista era muito ambiciosa e eu ainda li vários que não estavam nela, não foi dessa vez que cumpri uma meta.
Para 2018 o meu plano é ler mais teorias de diversas áreas do conhecimento, ler um pouco menos romances e dar preferência aos clássicos.

Da lista antiga, vou preservar alguns títulos: (A maioria vai ficar para os anos seguintes)

Meta:
  1. O vermelho e o negro – Stendhal
  2. Viagens na minha terra – Almeida Garrett
  3. Os Noivos – Alessandro Manzoni
  4. Suspiros Poéticos e Saudades / Gonçalves de Magalhães
  5. Alguns livros de Honore de Balzac
  6. O general no seu labirinto – Gabriel Garcia Márquez
  7. A desobediência civil – Thoreau
  8. O tempo e o vento – Veríssimo ( Toda a ‘saga’) 
  9. As crônicas de gelo e fogo –
  10. Livro 4
  11. Livro 5
  12. Anna Karenina  – Tolstoi
  13. Contos negreiros – Marcelino Freire
  14. Razão e sensibilidade – Jane austen
  15. Agnes Grey – Anne Brontë
  16. A ausência  – Mary Westmacott (A.C.)
  17. A carga – M. W.
  18. Testemunha da acusação – A. C.
  19. O visitante inesperado – A.C.
  20. Sócios no crime – A. C.
  21. Biofobia  – Santiago Nazbrian
  22. O duque e eu  – Julia Quinn
  23. Uma história de solidão – John Boyne
  24. Contos reunidos – Nabokovi
  25. Um hotel na esquina do tempo –
  26. A letra escarlate –
  27. O russo negro – Lenny Bartulin
  28. Doze contos peregrinos – Gabriel Garcia Márquez
  29. O demônio na cidade branca  – Erik Larson
  30. A ponte invisível-
  31. Neve de primavera –
  32. Uma curva no tempo – Dani Atkins
  33. Novos contos da montanha – Miguel Torga
  34. Mais comédias para ler na escola  – Luís Fernando Veríssimo
  35. Contos de um mundo estranho – Felipe Kowari
  36. Caixão fechado – Sophie Hannah
  37. O último verão de Klingsor
  38. Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra – Mia Couto.
  39. Nova antologia do conto russo
  40. Na natureza selvagem –
  41. Há sempre um amanhã – Anita Notaro
  42. As flores do Ruanda
  43. Angosta – A cidade do futuro
  44. No país das últimas coisas – Paul Auster
  45. De repente, nas profundezas do bosque.
  46. As três Marias – Raquel de Queiroz
  47. As memórias perdidas de Jane Austen
  48. A paz dura pouco –
  49. A pata da gazela – José de alencar
  50. À espera dos bárbaros – J.M.Coetzee
  51. A fecha de Deus –
  52. A jangada de pedra  – José Saramago
  53. O nome da rosa – Umberto Eco
  54. Pureza  – José Lins do Rêgo
  55. O último voo do flamingo – M.C.
  56. Para você não se perder no bairro – Patrick Modiano
  57. À noite andamos em círculos – Daniel Alarcón
  58. Os miseráveis – Victor Hugo
  59. Til – José de Alencar
  60. Cada homem é uma raça
  61. Gratidão – Oliver Sacks
  62. Dez mulheres – Marcela Serrano
  63. O palácio de inverno
  64. Um passe de mágica – A. C.
  65. Nove plantas do desejo e a flor de estufa – Margot Berwin
  66. Território da emoção
  67. Assassinato na casa do pastor – A. C.
  68. Pedaços de um caderno manchado de vinho
  69. Maurice
  70. Verdade tropical – Caetano Veloso
  71. Infância – Graciliano Ramos
  72. a vingança veste prada –
  73. De volta à vida – Nadine Godimer
  74. Fogo fátuo – Patricia Melo
  75. Além-mundos – Scott Westerfeld
  76. A conspiração da aranha – James Patterson
  77. Paris é uma festa – Ernest Hermingway
  78. Verdade ao amanhecer – E.H.
  79. Por que os sonos dobram – E. H.
  80.  O segundo sexo – Simone de Beauvoir
  81. Dançando sobre cacos de vidro
  82. Do amor e outros demônios – G.G.M.
  83. A sombra do vento – Carlos Ruiz Zafón
  84. A vítima perfeita- Sophie Hannah
  85. Crime e castigo – Dostoievski
  86. O demônio do meio-dia – Andrew Solomon
  87. Maestra – L.S. Hilton
  88. A filha das flores – Vanessa da Mata
  89. A noite maldita – André Vianco
  90. O caderno – Saramago
  91. Usina – José Lins do Rêgo
  92. Admirável mundo novo.


Olá, leitores!
Esse mês acontrcersm muitas coisas e eu não pude escrever as resenhas que eu queria, na verdade o meu Kindle foi roubado e lá se foram as minhas anotações.
Antes disso, eu li bastante para aproveitar o mês de férias. Estou cheia de ideias para o blog, mas não sei se terei tempo para colocar em prática.
Por enquanto vou apenas compartilhar os títulos que eu li esse mês.



Realmente eu adiei demais a leitura de O diabo veste Prada porque,  qualquer forma, já tinha visto o filme mesmo. No entanto agora que li, não me arrependo e sei que há muitas diferenças na história de Andréa Sachs com sua assustadora e chiquérrima chefe Miranda Priestly.
Uma dessas coisas é, acredito, que o filme humanizou Miranda um pouco, com aquela coisa do divórcio, por exemplo, no livro eu tive muito mais raiva dela. Mas a Andy do livro teve sorte de não topar com a chefe em seus primeiros dias e deu tempo de ir aprendendo o básico de como atender às suas milhares de exigências absurdas.
Então, a história é sobre Andréa, que sonha em escrever, mas não têm oportunidade por não ter experiência, ela acaba caindo na revista de moda onde milhares de garotas dariam a vida para trabalhar como assistente de Miranda. Eu espero que todos notem que é uma história de assédio moral, Miranda faz questão de humilhar e fazer com que as pessoas ao seu redor estejam infelizes e se sintam incapazes 
Quem não viveu uma história de assédio moral? Só porque uma pessoa é seu chefe pensa que pode tratar como lixo. Não tem nada a ver com o livro, mas eu vou falar um caso porque a resenha é minha. Eu nunca tinha trabalhado e adivinha? Precisava de qualquer experiência no comércio de minha cidade. Essa Lan house foi o que apareceu. Os donos eram um dentista e uma funcionária da Caixa econômica e claramente aquele era o lugar de eles se sentirem superiores e nós éramos seus brinquedos. Para, por exemplo, ligar às 23h perguntando por uma trufa de 50 centavos porque eles iriam falir com a possibilidade de algum funcionário ter roubado isso, ameaçar abrir um incrível programa que eles tinham que mostrariam todas as nossas atividades, uma coisa muito Black Mirror para a época. Mas o pior realmente era enfrentar as filas de supermercado diariamente para comprar o presunto e o queijo deles que tinha que ser dois reais de cada. Além, claro, de adivinhar que a madame gostaria de um macarrão sem ovos quando ela mandava comprar macarrão. Não importa se ela não tivesse dado os detalhes, era importante chamar o gerente do mercado pra trocar a compra de um macarrão. O bom é que eu consegui sair de lá antes de um ano porque fui escolhida para um curso que dava bolsa, era uma merreca, quase o mesmo que recebia lá com atrasos e foi suficiente para me liberar e só olhar para trás para ver feliz o dia em que eles faliram de vez.
Voltando a Andréa, que pelo menos trabalhava para ricos e glamorosos, ela queria passar um ano como assistente para ter experiência, mas o trabalho sugava sua vida. Ela tinha que usar roupas de grife e sapatos altíssimos para correr e pegar o café da Miranda em poucos minutos, adivinhar as expectativas dela, estar sempre disponível no telefone, comer pouco para atingir o nível de magreza das outras pessoas no ambiente. Não ter tempo para a melhor amiga, família e namorado.
No fundo achei o namorado dela um pouco embuste, o tipo de homem que cobra demais e apoia pouco. Se ela estava determinada a enfrentar tudo por uma oportunidade na carreira, se ela que estava lá, as suas relações deveriam dar apoio. Todos em volta de Andréa pareciam seguir essa noção de que você tem que se dedicar aos outros e não a si mesma.
Eu não lembro de Lily no filme, mas no livro, ela é a melhor amiga de Andréa, com quem divide o apartamento, há também Emily, a assistente mais antiga de Miranda que provavelmente passou por uma lavagem cerebral e sempre se arrepende quando faz uma crítica involuntária à chefe. Todos circulam Miranda, sendo ignorados e fazendo o impossível para agradar e ninguém jamais pode questionar que ela não tem o direito de agir assim com as pessoas só porque trabalham para ela.
Mas Andréa não decepciona, na hora certa, e sem que seja exigência de outros, ela percebe como tem que agir como a chefe e é libertador para ela e para os leitores. 


Eu demorei muito para continuar o ciclo da cana-de-açucar lendo Banguê. Mas isso foi muito bom porque a história me pegou um pouco mais preparada para ela. Porque Banguê não é um livro fácil. Acredito que desde Lolita eu não sentia tanta repugnância por um personagem narrador. Assim é Carlos de Melo, neto do senhor de engenho José Paulino, volta dos estudos sem nenhuma ideia superior. Imaginei, como em outras histórias, ler algo mais romântico, alguém que volta da universidade com ideias revolucionárias, que não aceitaria viver da exploração dos negros, mas ele repete a história dos seus.
Carlos volta para o engenho, sem propósito certo, apenas passa os dias na rede, sendo olhado torto por familiares e serviçais. Sofre de algum tipo de ansiedade, algo que o impede de tomar iniciativa para qualquer utilidade. O avô está às portas da morte. A única coisa que anima o jovem é a chegada de uma moça casada que sofrendo também de nervos vai passar uns dias no engenho.
As descrições sobre a vida dos trabalhadores, das crianças e principalmente das mulheres são duras de se ler sem vomitar. O Carlos e os homens de sua família tratam essas mulheres como nem os selvagens deviam tratar no passado, usando sexualmente sem nenhuma cerimônia, largando as pobres esperando filhos deles, para um destino de pobreza e prostituição e depois as desprezavam ainda mais por ser aquilo em que eles as transformaram.
Seus filhos são criados no meio da miséria sendo explorados junto com todos os outros que fizeram as riquezas desses engenhos. Algumas vezes a amante e Carlos falavam em escrever um livro sobre aquela pobreza, mas logo o mesmo desistia sabendo que também era responsável pela situação dos trabalhadores.
Carlos não tem energia nem mesmo para organizar e manter o engenho que vai decaindo. Coloca os olhos em um negro que nascido na miséria e trabalhando duro consegue melhores resultados do que ele que, como outros ricos, nunca precisou trabalhar e tem toda a propriedade e homens à sua disposição. Passa dias e noites com medo de ser traído, assassinado, com medo do avanço das usinas.
É um livro muito melancólico que naturalmente não recomendaria para ninguém, no entanto, é preciso conhecer nossa história. Nessa saga escrita por José Lins do Rego podemos entender como funcionavam os engenhos, de onde saia esse açúcar tão amargo. É tudo muito revoltante ler sobre um homem que detém tanta terra enquanto outros precisavam de humilhar e pagar caro para plantar uma horta e alimentar a família.
Sem mais o que dizer, estou aliviada de ter terminado e poder ler algo mais leve. Deixarei Fogo morto para outro momento.

Quotes:

"Não fumava, e nenhum livro com força de me prender. Que doença da vontade era aquela que me deixava ao léu, pano mole sujeito a todas as ventanias"

"O bicho sabia tirar tudo da terra, amanhecendo no serviço, anoitecendo no rito, aproveitando até o último minuto do dia. Com ele o dia tinha mesmo doze horas. Seu segredo era esse (...) Aquele negro, ali perto de mim, me humilhava."




A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida foi um dos livros que eu li em 2017 e eu não lembrava absolutamente nada sobre a história, eu não lembrava nem que tinha lido. Isso não é sobre a qualidade do livro e sim sobre a qualidade da minha leitura. Eu devo ter lido em um momento bem corrido entre uma escola e outra carregada de muito sono e cansaço. Mas o livro é tão bom. É a história de dois amigos de infância destinados a ficar juntos que demoram muito para perceber isso. Fórmula quase infalível. Há o Alex, um professor de inglês que reluta em deixar o ninho, sua pequena cidade e seu pai. Muito parecido comigo, embora eu tenha que dizer que ele é mais feliz na profissão, pudera, eles têm uma espécie de professor auxiliar e diários eletrônicos, acho que não dão uma aula atrás da outra até desmaiar no fim do dia, enfim, ele tem mais motivos para estar feliz. Alex e Holly, Holly e Alex, romance parecido com o de outros livros, são melhores amigos na adolescência, ela é um conforto quando ele perde a mãe, as famílias são amigas, mas se separam quando Holly vai para a faculdade e por um desentendimento não continuam o contato.
Holly é o tipo de garota que queria viajar o mundo, mas está feliz trabalhando como secretária e vivendo um romance secreto com o chefe, Richard. Ela mora em Londres e é muito relutante em voltar à terra natal mesmo com muita insistência da mãe por uma visita. Já Alex consegue deixar o ninho quando o pai resolve vender a casa e ele consegue um emprego em Londres. Ele é o tipo de professor que quer ter alunos problema para que sejam sua missão. Quem vai entender esse cara? 
Em Londres, adivinha, eles se reencontram e retomam a amizade, Holly percebe o quanto ela mudou e se anulou com os anos, como deixou seus sonhos e sua espontaneidade para trás. É não é isso que chamamos de vida adulta?! 
Não dá para escrever mais sem revelar o sinal, A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida pode ser bastante clichê, mas é bem escrito e gostoso de ler.