No livro Pai rico, pai pobre o autor fala de como recebeu diferentes instruções de como lidar com dinheiro e trabalho. Ele escolheu seguir as orientações do pai de seu melhor amigo que era muito diferente do tradicional. 
Segundo o autor a grande maioria das pessoas se ilude em pensar que tudo o que tem que fazer é ser bom nos estudos e ter um bom emprego. Até porque depois de conseguir um bom emprego grande parte da renda vai para dívidas, impostos, seguridade social. Ninguém fica rico trabalhando. Nós perdemos a oportunidade de crescer quando nos conformamos em trabalhar para os outros em troca da segurança de um salário.
O problema é que infelizmente não recebemos educação financeira, nós professores sabemos que o currículo é muito limitado e não prepara as pessoas para serem empreendedores e sim funcionários.
O autor aconselha que as pessoas que querem ser ricas fujam do padrão de se especializar em uma área porque isso limita muito as possibilidades, para ele o ideal é fazer muitos cursos diferentes e ter experiência em várias áreas possíveis para saber onde investir.
Tenho aprendido muito com livros desse tipo, sobre como levamos nossa vida trabalhando para os outros, trocamos nosso tempo por nada porque teremos que fazer o mesmo trabalho todos os dias para receber um pagamento que nunca será suficiente para nos dar liberdade.
Esses livros têm me dado muita inspiração e mostrado uma luz no fim do túnel. Mesmo que eu tenha que continuar como professora, o pai pobre era professor, quero investir em marketing e saber como me vender, falamos muito sobre a desvalorização do professor, mas não fazemos nada para mudar isso, temos que nos impor e não aceitar ser tratado como profissionais inferiores.
Entendi que saber lidar com vendar pode ser algo trabalhado e eu sempre acreditei ser um dom natural.
Enfim, recomendo a leitura para quem está iniciando sua educação financeira, quanto antes ler melhor, quanto antes parar de trabalhar por dinheiro, melhor.


Um Comentário

  1. Oi, Dani!

    A obra não faz muito meu estilo, mas achei interessante pelas dicas que o autor dá e as reflexões que traz

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar meu espaço. Fico muito feliz com comentários, mas apenas sobre a postagem. Opiniões, elogios e críticas construtivas são bem-vindos.
Para outros assuntos, use o formulário de contato.